CONTATOS
Infantário "O Raposinho"

A Expressão Musical

Gordon (2000:305) afirma: “… é durante o estádio de aptidão musical evolutiva que uma criança atinge o máximo do seu potencial para aprender música. Quanto mais pequena for a criança, maiores são as possibilidades de a aptidão musical evolutiva poder ser elevada até ao nível com que nasceu.”

O gosto pela música é algo natural nas crianças, estas gostam de cantar e de ouvir vários sons, canções, ou simplesmente ouvir música. A música é a linguagem universal mais completa. A criança deve ser sensibilizada para o mundo dos sons. Quanto maior for a sensibilidade da criança para o som, será possível verificar as suas qualidades.

Como tal é importante que a criança seja estimulada desde pequena, pois esse treino será bastante importante para o seu desenvolvimento.

Shetter (1989) referido por Perry (2000:461) afirma que “a música está entre as primeiras experiências sociais da criança. De facto, as crianças são sensíveis à música antes do nascimento.”.

Nos primeiros anos de vida é quando são construídos todos os alicerces para o futuro desenvolvimento educativo. Esta é uma tarefa importante dos pais e dos educadores.

A música é bastante importante neste processo de construção, e traz grandes benefícios ao desenvolvimento do indivíduo, devendo fazer parte do seu dia a dia.

O desenvolvimento engloba vários aspetos, como por exemplo, aumento de qualidades morais, psicológicas, intelectuais, crescimento, progresso, físicas, cognitivas entre outros.

No que se refere à importância deste domínio na Educação Pré-Escolar considera-se que a música tem um papel primordial na formação de crianças e na aquisição de competências e aprendizagens, pois a música é capaz de transmitir inúmeros sentimentos, como por exemplo: alegria, melancolia, violência, calma entre outros. São experiências que a vida possuí e que constituem um fator muito importante na formação do carácter do indivíduo. Daí que para Hohmann & Weikart (2004:658) “… o facto da música transmitir emoções, sublinhar experiências e marcar ocasiões pessoais e históricas (...) o desenvolvimento musical das crianças e a sua capacidade de comunicarem através da música floresce em culturas e contextos em que os membros da comunidade valorizam e apreciam música.”

A criança deve ser estimulada desde cedo para o mundo dos sons, pois este estímulo transmite sensibilidade para o som e assim possibilita a criança a descobrir as suas qualidades, e desenvolver a sua memória e atenção.

Alguns investigadores, como Gordon (2000), Hohmann e Weikart (2004), Gloton e Clero (1976) e Amado (1999) manifestam a importância da Expressão Musical como sendo uma área importante do conhecimento que deve ser trabalhada com as crianças: “não podemos corrigir a perda de oportunidades sofridas por uma criança durante a fase em que os fundamentos da aprendizagem estão a ser estabelecidos” afirmou Gordon (2000:305).

A Expressão Musical desempenha um papel fundamental na vida da criança na sua atividade recreativa, ao mesmo tempo que desenvolve a sua criatividade, promove a autodisciplina e desperta a consciência rítmica e estética. A música também desperta a imaginação e a criatividade.

Segundo Gordon (2000:308) “Cantar, mover-se e ouvir musica em tenra idade parece ser benéfico para um bom desenvolvimento linguístico, assim como para o desenvolvimento musical.” Segundo Gloton & Clero (1976:181) “Despertar a criança para a música é suscitar nela a vontade de cantar, de ouvir, de criar livremente”. Amado (1999:39) refere que “a criança é capaz de sentir um enorme prazer em viver a música mesmo sem conhecer os seus códigos, e que também é capaz de criar.”.

A música é também muito importante quando falamos da vida social da criança. É através do tipo de música que gostamos que nos iniciamos como membros de determinado grupo social. A música está inserida na cultura do indivíduo, através das brincadeiras, adivinhas, canções, lendas que dizem respeito à nossa realidade inserida na nossa cultura.

A música auxilia também a criança quando esta aprende algumas regras sociais: através de jogos de roda, a criança vivencia, de forma lúdica, situações de perda, de escolha, de deceção, de dúvida, de afirmação.

A Expressão Musical pode facilitar a cognição social. Segundo Kalliopuska e Ruokonen (1986) citados por Perry (2002:484), “ouvir música é semelhante a uma empatia emocional na medida em que o ouvinte deve tentar experimentar temporariamente sentimentos estimulados pela música, enquanto mantém simultaneamente a sua própria individualidade”.

Os mesmos autores defendem que um programa de educação musical holístico, deve integrar elementos dos sentimentos e dinamização para os sentimentos, facilitando o desenvolvimento da empatia nas crianças.

A música faz parte de toda a nossa vida, pois conseguimos que a música esteja sempre presente nos momentos especiais, nas lembranças, nas pessoas, nos lugares. Esta possui uma característica única, a qual é capaz de nos fazer rir, chorar, dançar sem parar,  atraindo o indivíduo para um mundo prazeroso e satisfatório para a mente e para o corpo, o que simplifica a aprendizagem global, emotiva, e também facilita o processo de socialização do mesmo.

Por tudo isto é de uma grande importância que os pais, professores, educadores reconheçam a importância da Expressão Musical.

Contatos

Venha fazer-nos uma visita

Agora que já sabe quem somos, gostaríamos de ouvir a sua opinião.

Colégio N. Sra. do Rosário

Creche / Pré-escolar / Escola / CATL

Rua Conselheiro Albuquerque Nº23
6000-161 Castelo Branco

Tel. +(351) 272 323 042

Infantário "O Raposinho"

Creche / Pré-escolar

Rua do Raposinho Nº1
6000-041 Castelo Branco

Tel. +(351) 272 320 559

Redes Sociais

Fique mais perto de nós

Siga-nos nas nossas redes sociais para ficar a par das nossas aventuras!